Aprendiz legal é um programa que insere os jovens no mercado de trabalho. Essa oportunidade é dada aos jovens de 14 a 24 anos, que além de terem o 1º emprego, também fazem o curso de qualificação. O objetivo do aprendiz legal é capacitar os jovens a serem autônomos, ensina-los a terem uma visão “renovada” do mercado de trabalho e tomar decisões certas na sociedade.

A Fundação Roberto Marinho desenvolveu o programa para as pessoas que não tem oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, fazendo assim, terem a oportunidade de fazer um curso de qualificação também.

O contrato entre o aprendiz e a empresa pode variar entre 11 a 24 meses, sendo de 4 a 6 horas por dia. Isso varia muito de empresa para empresa, pois algumas oferecem até vale refeição. O jovem precisa fazer o curso, dependendo da empresa, ela lhe dá a oportunidade de fazer um curso da sua escolha. São eles: auxiliar de produção, comercio e varejo, auxiliar de alimentação, ocupações administrativas, telemática, turismo e hospitalidade, telesserviços e práticas bancarias.

Inscrições Aprendiz Legal

As inscrições são pelo site da CIEE e GERAR, você pode ter informações pelo telefone que está o site. As inscrições abrem anualmente ou de acordo com a necessidade das empresas. O que se aconselha fazer o seu cadastro no CIEE para você ser encaminhado quando alguma empresa solicitar.

Na hora e fazer o cadastro, você deve conferir seus dados, pois é dele que as empresas ou os organizadores vão entrar em contato com você. As inscrições variam de estado para estado, existe lugares que abrem duas vezes no ano, outros abrem anualmente e outros que abrem inscrições pela necessidade das empresas (sem tempo certo).

A empresa tem total liberdade de escolher o jovem aprendiz que deseja contratar e melhor se encaixa na função liberada, sem preconceito ou discriminação. Vale lembrar que os jovens de 14 a 18 anos prioridade. As pessoas com deficiência não possui limite de idade para participar do Jovem Aprendiz – que normalmente é de 14 a 24 anos -. Para os alunos que não tem como cursar o ensino médio na localidade onde mora, basta ter concluído o ensino fundamental, 9º ano. Os alunos que estão cursando o ensino médio, não podem se inscrever no programa.

Muitas empresas hoje participam do programa, pois sabem que o programa vale a pena para os dois lados da moeda. São elas: Bradesco, Itau, Santander, Banco do Brasil, Correios, Caixa, Coca-cola, Boticário, Mcdonald’s, Simpress, Seara, Itaruan, VLI e muitas outras. As empresas de pequeno e médio porte podem também estar cadastradas para participar do programa, ou seja, na sua cidade mesmo deve possuir empresas parceiras.

Data das Inscrições e Vagas do Aprendiz Legal

Como já dito anteriormente, alguns estados (www.cursosgratuitossenai.com.br/cursos-gratuitos-senai-cursos-de-vagas-para-sp/) podem abrir inscrições no meio do ano, no começo ou de acordo com a necessidade das empresas. Vale lembrar que, as pessoas interessadas precisam fazer a inscrição no site e acompanhar as notícias. É importante também, ficar atento ao prazo de inscrições e que documentos levar ou cadastrar, normalmente é RG, CPF, comprovante de residência e histórico escolar, caso você seja maior de dezoito anos e homem, leve o certificado de reservista.

O site do programa informa tudo que você precisa saber sobre o Jovem Aprendiz, lá possui o FAQ, como funciona o programa, quem pode participar, empresas parceiras, documentos necessários para participar e muitos outros. Para acompanhar melhor todo esse movimento, aconselha-se que se cadastre no site e receba as noticias semanalmente. Desse forma, quando as inscrições se abrirem, chegará a noticia para você, podendo assim, fazer o seu cadastro e ficar por dentro das seleções, locais de inscrição, provas e outros.

O Aprendiz Legal é um programa que ganha muito reconhecimento, pois dá aos jovens uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, fazendo assim o 1º emprego. Além dessa oportunidade, o jovem precisa fazer curso de qualificação, ou seja, é um bom requisito no currículo.

O programa cresce a cada ano, formam mais parcerias de instituições empresas e professores querendo ajudar os jovens na qualificação para o mercado de trabalho. Dessa forma, muitos jovens conseguem se profissionalizar e conseguir um emprego.

Atualmente são mais de 2.000 vagas por todo o Brasil. Muitos jovens buscam se qualificar e melhorar o próprio currículo, pois hoje um dos requisitos para conseguir uma vaga no mercado de trabalho é ser bem qualificado. Uma dica é não só fazer cursos de qualificação, mas fazer um curso de idioma também, pois por exemplo o inglês – língua quase universal – já é usado para quase tudo. Algumas empresas já exigem o inglês para a contratação, alem de falar que em uma seleção de emprego, os candidatos com uma segunda língua se destacam dos demais.

O jovem aprendiz é uma oportunidade também do jovem trabalhar com carteira assinada. O nosso Brasil hoje só permite que maiores de 18 anos comessem a trabalhar, com carteira assinada, pagando a contribuições e outros. O jovem aprendiz permite que os jovens peguem experiencia e estudem ao mesmo tempo. Dessa forma quando formarem no curso e possuírem 18 anos, poderão entrar no mercado como profissionais qualificados, fazendo assim, melhores trabalhadores e melhores posições de serviço. As pessoas que não se qualificam, acabam perdendo varias oportunidades de emprego e até mesmo conhecimento.

O programa Jovem Aprendiz veio para ajudar a todos – empregador e estudantes – assim o mercado está cada vez mais qualificado e casa vez mais gera novos empregos. Fazendo assim o índice de desemprego abaixar e o brasileiro começar a ter uma estabilidade no país.

Inscrições Aprendiz Legal
Avalie o artigo

Veja a lista completa de cursos gratuitos com vagas abertas!

Como me inscrevo? Clique aqui para entender!

Não encontramos nenhum curso no momento...